top of page
  • danielexperienciao

Sua escola depende da Coordenação Pedagógica ou Orientação Educacional para fechar matrículas?

O papel da Coordenação Pedagógica e Orientação Educacional nas escolas é fundamental para o bom funcionamento do ambiente educacional. Esses profissionais desempenham diversas funções essenciais, como auxiliar os professores, apoiar as famílias e orientar os alunos em seus desafios acadêmicos e pessoais. No entanto, em muitas escolas, uma outra responsabilidade é acrescentada à sua carga de trabalho: o suporte ao setor comercial da escola. Neste artigo, vamos explorar questões relacionadas à dependência exagerada do setor de matrículas das escolas em relação aos coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais.


O Suporte Exagerado ao Setor Comercial:


Em muitas escolas, o processo de matrículas é tradicionalmente conduzido pelos diretores, coordenadores pedagógicos ou orientadores educacionais. Isso ocorre porque esses profissionais conhecem profundamente a proposta pedagógica da instituição e são capazes de apresentá-la aos pais e responsáveis de forma clara e convincente. No entanto, essa responsabilidade extra imposta à Coordenação Pedagógica e Orientação Educacional pode gerar uma sobrecarga de trabalho e comprometer outras atividades essenciais.


A falta de uma estrutura adequada para o processo de matrícula nas escolas pode resultar em diversos problemas. Primeiramente, é importante ressaltar que a Coordenação Pedagógica e a Orientação Educacional já têm um papel-chave no suporte aos professores, auxiliando-os no planejamento de aulas, na elaboração e utilização de materiais didáticos e na avaliação do desempenho dos alunos. Além disso, eles desempenham um papel crucial no relacionamento e apoio às famílias, ajudando-as a compreender os processos da escola e o desenvolvimento acadêmico e emocional de seus filhos.


A Capacidade Técnica de Vendas:


Outro ponto a ser considerado é a capacidade técnica de vendas desses profissionais. Embora sejam altamente qualificados em suas áreas de atuação, nem sempre possuem habilidades específicas relacionadas à área comercial. Vender a proposta educacional de uma escola exige conhecimento sobre estratégias de marketing, técnicas de persuasão e negociação, entre outras competências que nem sempre fazem parte do escopo de formação desses profissionais.


A falta de treinamento adequado nesse sentido pode gerar insegurança e desconforto, afetando a capacidade de apresentar os diferenciais da instituição de forma atrativa. Além disso, dedicar tempo e esforço para desenvolver habilidades de vendas pode desviar a atenção desses profissionais de suas atividades principais, comprometendo a qualidade do suporte oferecido aos professores, alunos e famílias.

Impacto nas famílias e no tempo de matrícula:


Impacto nas famílias e no tempo de matrícula:

Além disso, quando a Coordenação Pedagógica e a Orientação Educacional precisam se envolver ativamente no processo de matrícula, o tempo de atendimento às famílias interessadas pode aumentar significativamente. Isso pode causar frustração e insatisfação entre os pais, que desejam um processo de matrícula ágil e eficiente. Afinal, as famílias estão em busca de informações sobre a escola, esclarecimento de dúvidas e orientações adequadas para tomar a decisão educacional mais adequada para seus filhos.


Conclusão:


A Coordenação Pedagógica e Orientação Educacional desempenham um papel crucial no ambiente escolar, atuando como pilares de suporte para professores, alunos e famílias. No entanto, a imposição de responsabilidades extras relacionadas ao setor comercial das escolas pode sobrecarregar esses profissionais e comprometer sua atuação eficaz.


É importante que as escolas reconheçam a importância de um processo de matrícula bem estruturado e adequado, que não sobrecarregue a Coordenação Pedagógica e a Orientação Educacional. É necessário investir em profissionais especializados em vendas ou em equipes dedicadas ao setor comercial, permitindo que esses profissionais possam focar em suas atividades essenciais.


Além disso, é fundamental oferecer treinamentos e capacitações recorrentes, onde a Coordenação Pedagógica e a Orientação Educacional ajudam a desenvolver o time de matrículas de uma forma onde eles consigam apresentar a proposta pedagógica da escola de forma eficaz.


Veja outras maneiras de incluir coordenação e orientação no processo de matrículas sem aumentar de forma exagerada a carga de trabalho dos setores:

  • Encontros coletivos de famílias interessadas na escola;

  • Geração de conteúdos que abordam questões recorrentes durante a jornada de matrículas das famílias;

Por mais que os coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais tenham alta capacidade de fechar matrículas novas, o setor comercial de uma escola não pode depender de forma exagerada de sua atuação para conseguir ser eficaz. Sem uma carga adicional, coordenadores e orientadores podem focar em executar suas funções com excelência, contribuindo no desenvolvimento dos alunos e para o bom relacionamento da escola com as famílias já matriculadas, impactando positivamente no índice de renovações.


Quer ajuda para evoluir o processo comercial da sua escola? Entre em contato, adoramos desafios!!


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page